27/05 - Informe JP - Roseana Sarney faz confissão de culpa em discurso patético diante de Lobão.

Confissão de culpa

Depois daquele desastrado discurso sobre “oportunidades perdidas”, a senadora Roseana Sarney fez um pronunciamento patético, na manhã de ontem, no Convento das Mercês.

Falando como se não fosse a mesma Roseana, que, por dois mandatos, governou o Estado, a senadora chegou a dizer que agora, somente agora, chegou a vez de o Maranhão se desenvolver.

“O Maranhão aguarda há muitos anos, desde a época em que José Sarney fez o Porto do Itaqui, a vinda de uma refinaria e de um pólo siderúrgico, para trazer benefícios e melhorias para o nosso Estado”, afirmou Roseana, como que querendo dar a impressão de que se esqueceu de que ela própria, no comando político e administrativo do Maranhão, desperdiçou grandes oportunidades de ajudar o Estado a sair da miséria e do atraso crônico.

 

Caindo a máscara

Vejam só que absurdo! Representantes da nossa democracia, baluartes do ‘Estado de Direito’ vigente no Brasil já não são mais respeitados como antes. Tem um grupo de autoridades preocupado com sua reputação depois que soube da possibilidade de aplicação de dinheiro público em filmes que retratem alguns ex-presidentes em situação, digamos, desconfortável.

Em um filme produzido pelo diretor de cinema José Eduardo Belmonte, assaltantes armados cometem crimes e assaltos utilizando máscaras de José Sarney, Fernando Collor de Mello e FHC. Sarney (1985-90), que foi acusado dos maiores desvios e roubos já praticados na Presidência da República, teve pedido de impeachment arquivado pelo então pefelista Inocêncio Oliveira, ao assumir interinamente a Presidência da Câmara dos Deputados (1988), cujo titular era Ibsen Pinheiro.

Collor (1990-92), afastado por impeachment, viu todos os processos a que respondia serem arquivados no STF - Supremo Tribunal Federal -, ficando o dito pelo não dito.

Nos EUA, em 1991, foi rodado um filme estrelando Keanu Reeves e Patrick Swayze, Caçadores de Emoção (Point Break), retratando uma gangue de ladrões de bancos que se autodenomina ‘Os ex-presidentes’. Seria interessante também fazer um filme aqui do Maranhão onde retratasse a realidade de nosso povo sofrido mostrando todas as mazelas e misérias provocadas pela oligarquia Sarney durante 40 anos de desmando no estado, mas contudo claro, sem o uso da máscara. (Por John Cutrim www.johncutrim.zip.net/).

Infidelidade Partidária

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão julgou na sessão de ontem, 26, mais 12 processos referentes à infidelidade Partidária. Foram cassados mais dois vereadores: Edmilson de Jesus Viégas Reis, do município de Penalva (a 249 km de São Luís), e Carlos Magno Cabral Nazar, de Rosário (a 75 km da capital).

Dos outros processos em pauta, um foi adiado para próxima sessão, cinco extintos e quatro julgados improcedentes.

Com base na Resolução 22.610/2007 do TSE, a Corte Eleitoral cassou, até agora, doze vereadores. Essa Resolução disciplina o processo de perda de cargo eletivo por infidelidade partidária. (TRE-Maranhão).

 

Seis por meia dúzia

Dois pré-candidatos a prefeito de São Luís, o deputado estadual Raimundo Cutrim (DEM) e o deputado federal Pedro Fernandes (PTB), cruzaram-se, na manhã de ontem, no Convento das Mercês, durante a cerimônia de instalação do Fórum de Setores Energético e Mineral do Maranhão.

Discreto e comedido, Cutrim apresentou um ar cerimonioso, durante toda a solenidade. Mais afoito e serelepe, Pedro Fernandes distribuiu cumprimentos e tapinhas nas costas de quem aparecia na sua frente.

Perguntado se de fato será candidato, disse que já está é pedindo votos, inclusive com um slogan ensaiado: “Não troque seis por meia dúzia. Vote no 14 sem dúvida”.

 

Palavras elogiosas

O secretário estadual de Minas e Energia, Ricardo Ferro, participou ontem de manhã da solenidade de instalação do Fórum de Setores Energético e Mineral do Maranhão, no Convento das Mercês, na condição de representante do governador Jackson Lago.

Ele e o prefeito de São Luís, Tadeu Palácio, dirigiram palavras elogiosas ao ministro Edison Lobão.

Ao fazer seu discurso, Lobão elogiou o governador Jackson Lago e sua equipe, e frisou que “as violentas guerras políticas têm de ceder espaço para as mais legítimas aspirações de nosso povo”. Ao longo de todo o seu pronunciamento, Lobão conclamou as lideranças para uma união política em favor do desenvolvimento do Estado.

 

Posto da Infância

Um posto avançado da 1ª Vara da Infância e da Juventude será instalado às 10h desta terça-feira, 27, no Terminal de Ferry Boat, na Ponta da Espera. A unidade irá expedir autorização de viagem para menores de 12 anos e fiscalizar as empresas transportadoras quanto ao cumprimento das normas para embarque de crianças e adolescentes.

Uma parceria do Tribunal de Justiça com a Empresa Maranhense de Administração Portuária possibilitou a instalação do posto, que passa a funcionar em box montado em frente ao setor de venda de passagens. A Emap construiu o espaço, enquanto o Judiciário vai colaborar com materiais e servidores. O atendimento será em regime de plantão, de 7h às 19h, todos os dias, inclusive feriados.

 

Aí tem

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) criticou ontem a decisão do juiz Megbel Abdala que concedeu aumento das passagens de ônibus em São Luís.

Fernandes chamou a atenção do juiz que ele, em vez de dar aumento de passagens deveria era obrigar a Prefeitura de São Luís a realizar licitação para o serviço de transporte coletivo na capital. “Nenhum prefeito teve a coragem de fazer a licitação desse serviço, que é uma concessão pública. Há algo de não republicano no ar, que pelo visto também pode ter atingido a Justiça, já que ninguém obriga a prefeitura a realizar licitação, como determina a lei”, disse o deputado.

 

Prefeitura recorre

O prefeito Tadeu Palácio anunciou que a Prefeitura de São Luís vai recorrer da decisão da Justiça e está trabalhando em várias frentes para evitar o reajuste de tarifa.

Neste sentido, deverá encaminhar nos próximos dias à Câmara Municipal um projeto de lei isentando o ISS sobre o combustível dos transportes coletivos urbanos e mantém conversações com o Governo do Estado para que o mesmo seja feito com o ICMS do combustível dos ônibus.

Além disso, tem mantido reuniões com o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) para garantir uma solução que mantenha a qualidade do serviço, sem que isso represente aumento no preço da passagem.

 

MIUDINHAS

Por meio de resolução, o Tribunal de Justiça regulamenta a designação de oficiais de justiça para preencherem temporariamente as vagas existentes nos juizados especiais e varas da capital.

O coordenador dos Juizados Especiais, juiz José Eulálio Figueiredo, informa que os primeiros juizados a serem beneficiados serão o 12º Cível, no Tibiri, e o 13º Cível, no João de Deus. Serão indicados dois oficiais de justiça para cada um.

A resolução, assinada pelo presidente do TJ, desembargador Raimundo Cutrim, visa a otimizar o andamento processual e surgiu como resposta à demanda de serviços correspondentes ao cargo. A medida também foi tomada pela inexistência de oficiais de justiça excedentes, aprovados no último concurso do TJ, para nomeação na comarca de São Luís.