30/07 - Saiba o que fazer diante da ingratidão

Caso alguém seja ingrato com você, isso revela que a pessoa é egoísta. Não fique triste, pois ninguém foi enganado; você que se iludiu. Lembre-se que todo egoísta no presente será ingrato no futuro.

Não nutra nenhum sentimento de revolta mesmo se você (além de ter dado um ombro amigo) prestou algum tipo de ajuda financeira. Entenda que você ajudou uma pessoa que não tinha o mesmo caráter que o seu. Não fique magoado, limpe as lágrimas.

Como resultado prático, você adquiriu mais uma lição de vida. Tudo não passou da materialização de uma contradição para que seu corpo espiritual também evoluísse. Você achou "certo" ter ajudado, mas na verdade, não foi "justo". Talvez tenha tentado enganar a si próprio, acreditando que conhecia realmente esta pessoa.

Muitas vezes, a bondade não passa de um capricho, uma maneira de sermos vistos como a melhor pessoa do mundo. Mas dessa forma acabamos criando um desequilíbrio temporário. Não se preocupe, pois em um futuro breve tudo isso será corrigido.

Assim como as moléculas de ar que se precipitam rapidamente para ocupar lugares vazios, seu espírito também vai precisar de um tempo para repor o que foi distribuído para quem não mereceu.

O que enobrece o espírito está relacionado às provas que passamos e uma das mais difíceis está relacionada à solidariedade. A ingratidão não passa de uma prova para o aperfeiçoamento, mas ela só terá validade se você não fizer o papel de vítima.

Apenas você (já que somos carrascos de nós mesmos) é capaz de apaziguar o sofrimento provindo da ingratidão através dos pensamentos de perdão. Não deixe que este sentimento ruim continue interferindo na sua vida. Caso contrário, seu coração poderá ser invadido por hóspedes indesejáveis como a raiva e o ódio. E estes sentimentos serão enviados não apenas para aquele que foi ingrato, mas para todos que estão mais próximos e, convenhamos, muitos não merecem.

Lembre-se da causa e efeito. Sua parte foi feita, seu carma, cumprido e seu coração deve ficar em paz.