16/10 - Piauí proíbe entrada de carne suína do MA

TERESINA - A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí(Adapi) emitiu comunicado ontem para todas as barreiras sanitárias do Estado, proibindo a entrada de carne de porco e todos os derivados de suíno que tenham origem maranhense. “É um sinal de alerta emitido em todo o território nacional, especialmente nos estados da região Nordeste”, disse o presidente da Adapi, José Antônio.

A medida visa evitar a entrada de carnes e derivados de porco contaminados, em função da descoberta de um foco de “peste suína” no município de Barra do Corda, no Maranhão. Numa única propriedade, entre 30 animais examinados, a metade tinha a doença.

A proibição do comércio da carne maranhense no Piauí atinge em cheio os frigoríficos da cidade de Timon. Muitos teresinenses compram carne na cidade vizinha.

A “peste suína” é de fácil propagação. A doença surge através de úlceras no intestino, que acabam levando o animal à morte. O último caso da doença no Piauí foi registrado na década de 70, no município de José de Freitas. Na época, cerca de cinco mil suínos foram sacrificados.

Imirante/O Estado