16/10 - Dia da padroeira dos endividados

Em meio à crise financeira, nada melhor do que recorrer à santa padroeira dos endividados. Nascida em 1174, Santa Edwiges, cujo dia é celebrado pela Igreja Católica nesta quinta-feira (16), viveu na divisa entre a Alemanha e a Polônia e teve, entre as santas reconhecidas pela Igreja Católica, uma trajetória peculiar. Casada com o duque Henrique da Silésia, a duquesa Edwiges dedicou sua vida aos filhos e à transformação do ambiente familiar em espaço de vivência de fé e caridade.

“Santa Edwiges é conhecida como padroeira dos pobres e endividados porque em toda a sua vida, seja como esposa, mãe e duquesa ou como religiosa, ela se dedicou a dar atenção aos mais pobres e aos encarcerados. Como duquesa, ela intercedia junto ao marido para perdoar as dívidas daqueles que não podiam pagá-las”, afirma o padre Paulo Siebeneichler, do Santuário de Santa Edwiges, em São Paulo.

Com a morte do marido, e já em idade avançada e com os filhos adultos, Santa Edwiges ingressou no mesmo convento do qual sua filha fazia parte. “Ela sempre soube lidar com o caráter forte do marido a fim de ajudar os que mais precisavam. Foi fiel ao marido e soube viver a espiritualidade do matrimônio”, diz Siebeneichler.

Santa Edwiges tinha uma notável devoção ao catolicismo, e passou os valores em que acreditava para os filhos. De acordo com Siebeneichler, a santa costumava fazer duras penitências, praticava o jejum todas as sextas-feiras e não comia carne em dias santos.

No Santuário de Santa Edwiges, em São Paulo, o dia da padroeira da paróquia é celebrado com missas durante o dia e uma procissão, às 14h. Os fiéis aproveitam a data para fazer pedidos e ganhar bênçãos, entre outras coisas, para a vida financeira e profissional.

“Propomos aos fiéis que tragam também ao santuário doações de alimentos e roupas para que possamos continuar a ação de caridade de Santa Edwiges ainda hoje”, diz o padre.

Oração de Santa Edwiges

Ó Santa Edwiges,
vós que na terra fostes o amparo dos pobres,
a ajuda dos desvalidos
e o socorro dos endividados,
e no céu agora desfrutais do eterno prêmio
da caridade que em vida praticastes,
suplicante te peço
que sejais minha advogada,
para que eu obtenha de Deus
o auxílio de que urgentemente necessito:
(fazer o pedido).
Alcançai-me também a suprema graça
da salvação eterna.
Santa Edwiges, rogai por nós.
Amém

G1