21/10 - POLÍCIA MILITAR DE BACABAL PRENDE ESTELIONATÁRIO

Policiais militares da 2ª Companhia PM Independente após meses de observação efetuou a prisão do criminoso conhecido pelo nome de Raimundo Nonato Vaz Figueiredo acusado de fraude contra a Previdência Social e falsidade ideológica.

A prisão se deu nesta manhã de terça-feira (21/10/08) por volta das 8h15min no Povoado Campo Achado, município de Lago Verde-MA, próximo ao Povoado Zé Chicão na BR-316, em uma residência onde com ele foi encontrado um Fox cinza de placa NHN-9271 de Lago Verde, duzentos reais em dinheiro, vários documentos de identidade, Carteira de Trabalho, CNH e CPF, além de diversos cartões de Benefício Social da Caixa Econômica Federal em nome de outras pessoas tais como: Ana Maria Rodrigues de Sousa da Luz (Piripiri-PI), Antonio Pereira Silva (Caxias-MA), Francisca Domingas dos Santos (Barreirinha-MA), Manoel Lima (Pindaré-MA), Manoel Domingos da Silva (Santa Helena-MA), Maria de Oliveira, Maria das Dores da Conceição, Zilda de Matos Santos, Zilda Silva de Moura, Zuila Beserra Carvalho, Zuila de Oliveira Pinheiro, Maria das Chagas Pereira da Silva, Antonio Francisco de Lima Oliveira e Johnny Santos Guimarães.

Raimundo (como é mais conhecido) é filho de Maria da Cruz Vaz, natural de Olho D’água das Cunhãs, 35 anos de idade, reside no Povoado Campo Achado a cerca de um ano. Estava de posse de quatro documentos de identidade falsos, entre os quais estava uma CNH de Roraima em nome de Raimundo Nonato da Cruz Vaz, dois RG’s um em nome de Ricardo da Luz Pereira (PI) e Otávio Figueiredo da Silva (MA).

Ele já foi preso pela Polícia Federal no ano passado por porte ilegal de arma de fogo quando foi abordado em Lago Verde e com o mesmo encontraram uma pistola 380 inox municiada.

Segundo Major Edeilson Carvalho, comandante da 2ª CI, esta é mais uma das prisões que são efetuadas mediante o trabalho preventivo da polícia que visa a inibir todos os tipos de delitos. Em apenas cinco dias foram feitas duas apreensões de criminosos seguindo esse padrão de operacionalidade da Polícia Militar.

Por volta das 7h00min do dia 16/10, na residência do criminoso conhecido pelo nome de Raimundo Ferreira dos Santos, mais conhecido pela alcunha de “Nenzinho”, que já estava cercada desde às 3h00min pela guarnição da Polícia Militar que aguardava o amanhecer do dia para efetuar a prisão que foi concretizada quando o criminoso saiu da residência. Ao ser revistado foi encontrado um papelote da droga o que levou a guarnição a realizar uma busca na residência do mesmo onde foi encontrada cerca de 11,8 kg de maconha que estava escondida em dois sacos de fibra dentro de uma caixa de papelão.

Nenzinho foi preso e autuado em flagrante na Delegacia de Marajá do Sena sendo enquadrado no art. 33, caput, da Lei 11.343/06, Lei Antitóxico. Ele, ainda, confessou que agia em várias outras cidades fazendo o tráfico de droga.