14/11 - 2ª Cia de Polícia Militar deflagra operação vigário e prende quadrilha de estelionatários.

Policiais Militares da 2ª Companhia PM Independente prenderam em flagrante, na “Operação Vigário”, a quadrilha de estelionatários e assaltantes que agiam na cidade de Bacabal a cerca de um mês e que vinham sendo monitorados já há algum tempo.

Nas últimas duas semanas, Valdeci Augusto Chene (46 anos), Maria Lúcia Chene (57 anos), Michel André Ferreira Rocha (27 anos) e Antonio Marcos Barbosa Costa (41 anos) todos residentes no estado do Pará, vinham intensificando o “golpe do vigário” nas agências bancárias de Bacabal.

A quadrilha foi presa graças a informação de uma vítima que havia sofrido o golpe dias atrás. A PM mobilizou seu efetivo na intenção de identificar e prender os criminosos que agiam, principalmente, nas agências bancárias de Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Ao tentar aplicar o golpe na manhã de hoje a quadrilha foi presa em flagrante e de posse de vários documentos (CPF, CNH, CRLV e Identidade) em nome de Edson Vander Barbosa Costa, Angela Maria Morais, Leci Oliveira Nascimento, Maria Arleide Vieira de Souza, cartões (conta corrente e poupança) em nome de Raimunda F. do Nascimento, Antonio Marcos Barbosa Cos, além de R$498,15 (quatrocentos e noventa e oito reais e quinze centavos) e vários outros objetos, todos produtos dos crimes já realizados.

Os criminosos tinham como alvo pessoas pouco orientadas, com pouco grau de instrução. A forma de abordagem se dava da seguinte forma: um dos bandidos passava pela vítima deixando cair um bloco de notas promissórias envolvido por uma nota de R$10,00, R$20,00 ou R$50,00. A vítima apanhava o bloco e o criminoso vinha de encontro a ela agradecendo por ter encontrado seu dinheiro, momento este que ludibriava a vítima a fazer um saque com uma determinada quantia e oferecia a esta uma troca de vantagens pecuniárias. Ficando, assim, com o dinheiro sacado da vítima que ficava sem ação.

Vale ressaltar que não é a primeira vez que uma quadrilha age desta forma na cidade de Bacabal e que por sua vez é capturada pela Polícia Militar. Nota-se que todas estas quadrilhas são provenientes de outras cidades ou de outros Estados.

Segundo o Maj Edeilson Carvalho, Comandante da 2ª CI, todos serão conduzidos ao 1º Distrito Policial para os devidos procedimentos legais e que a “Operação Vigário” irá continuar enquanto houver movimentação nas agências bancárias para inibir que outras quadrilhas venham a agir novamente em Bacabal.