13/07 - Galvão Bueno anuncia aposentadoria.

Após 32 anos narrando nove edições da Copa do Mundo, Galvão Bueno anunciou, no último domingo(11), após a final entre Espanha e Holanda, que 2014 será sua despedida. Depois de narrar a partida que deu o título mundial à Espanha, ele comentou sua aposentadoria .

"Fecha-se um ciclo. Uma história que tem muitos anos. Posso dizer que fiz milhões de amigos. Tenho que estar emocionado e feliz, até porque a próxima Copa é no Brasil. Depois disso pode ser que eu esteja lá, mas não trabalharei, só assistirei".

Sua estreia foi na Copa da Argentina, em 1978, narrando o jogo Alemanha Ocidental x Polônia. Galvão aproveitou para destacar os três momentos mais marcantes da sua carreira.

"A decepção da derrota para a Argentina em 90 foi muito forte. A emoção da final de 94 é inesquecível. Pelé me puxava de um lado, Arnaldo do outro. Meus óculos tortos. E a voz que já não vinha. Eu gritava 'é tetra, acabou'. O Pelé chutava minhas canelas para tentar consertar o chute dos jogadores. Isso não dá para esquecer. E a volta por cima do meu querido amigo Ronaldo Fenômeno".

E, mesmo faltando ainda quatro anos para se despedir do trabalho, o narrador já planeja o que fazer em sua aposentadoria.

"Vou pensar um pouco na família, que é a coisa mais importante que eu tenho".

Os adeptos da campanha "Cala Boca, Galvão", que ficou conhecida no mundo inteiro graças ao Twitter, estão comentando a notícia. Eles brincam dizendo que o movimento deu certo.