20/12 - Funcionários de Frigorífico realizam manifestação pacífica no pátio do Banco do Nordeste.

Na manhã desta quinta-feira (20), os funcionários do Frigorífico Ativo Alimentos (Antiga Mafrinorte) de Bacabal realizaram uma manifestação pacifica no pátio do Banco do Nordeste reivindicando da Gerencia do Banco a retirada de uma liminar que está tramitando na justiça que irá lacrar a unidade frigorífica na manhã do dia 21 de Dezembro.

A antiga administradora do frigorífico a Empresa Ativo Alimentos não tendo mais condições de manter-se no mercado fechou as suas portas no dia 31 de Agosto de 2007 e informou ao proprietário do imóvel que ia rescindir o contrato de arrendamento, diante de tais fatos o Grupo Margen com 27 unidades frigoríficas espalhadas por todo o Brasil e atualmente com mais de 9.000 funcionários resolveu arrendar as instalações frigoríficas bem como dar continuidade ao mesmo numero de empregos anteriormente. Porém o Banco do Nordeste tomando conhecimento dos fatos requereu em juízo o lacramento e a suspenção de qualquer atividade naquela unidade. Diante de tal fato o Grupo Margen adentrou com embargos de terceiros onde foi deferido liminar para que desse continuidade na atividade em decorrência do grande prejuízo social e econômico para a região, foi deferido ainda na liminar que todos os valores pagos a titulo de arrendamento deveria ser efetuado em juízo para não acarretar prejuízos ao credor. A posição do Banco do Nordeste é que a Unidade feche as suas portas independente do prejuízo social e econômico para a região e a prova desse fato é que requereu no através do tribunal de justiça que fosse suspenso a liminar concedida pelo Juiz em primeiro grau fato esse concedido pelo Tribunal. Diante de tal decisão em breve serão demitidos na Cidade de Bacabal 237 trabalhadores diretos e indiretamente mais de 1.000 trabalhadores irão perder seus empregos. Essa foi a contribuição social, econômica e o presente de Natal que o Banco do Nordeste deu para todos os Bacabalenses.

O motivo da liminar do Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste possui uma antiga divida com a administradora anterior do frigorífico a Empresa Fribal, o Banco se colocou a disposição da Fribal por 10 anos para que houvesse uma negociação entre as partes, a Fribal não demonstrou interesse em negociar e sequer se manifestou no período de negociação.

Agora o Banco do Nordeste solicitou através de uma liminar o fechamento da Unidade Frigorífica.

O questionamento dos Trabalhadores

Não é justo que por causa de uma divida da Empresa Fribal mais de 230 funcionários sejam demitidos sendo que há uma Empresa interessada em dar continuidade ao funcionamento do Frigorífico.

Em entrevista a nossa equipe de jornalismo vários funcionários do frigorífico lamentaram a atitude do Banco do Nordeste e garantiram que eles querem apenas é trabalhar.

O posicionamento do Banco do Nordeste

A Gerencia do Banco do Nordeste entrou em contato com a superintendência do Banco e marcou uma reunião para hoje dia 21 de Dezembro em São Luis entre o Banco do Nordeste e o novo grupo interessado em manter as atividades em Bacabal que é o Frigorífico Margen.

A Gerencia do Banco garante que até as 17:00 horas de hoje (21) uma decisão será tomada com relação ao funcionamento do frigorífico Margen. Só resta aos funcionários aguardar.

Por: Lucas Santos