23/09 - Greve dos Bancários.

Em sintonia com o indicativo da categoria em todo o país, bancários decidiram entrar em greve após rechaçar a proposta dos patrões.

 Ascom/SEEB-MA

21/09/2011

Em assembleia geral realizada em 20 de setembro, na sede do SEEB-MA, em São Luís, os bancários do Maranhão decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 27 de setembro, em sintonia com o indicativo da categoria em todo o país. 

Os bancários decidiram pela paralisação após rejeitar a proposta dos patrões de reajuste salarial de 7,8%, valor considerado irrisório pela categoria, pois apenas repõe a inflação. A categoria quer 26% de reajuste salarial mais direitos não garantidos pelos bancos. 

Para o Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA), a proposta dos banqueiros é rebaixada e muito aquém do que a categoria merece diante dos lucros crescentes obtidos pelos bancos nos últimos anos e da situação econômica favorável em que se encontra o Brasil.

Diante da rejeição imediata dos bancários à proposta apresentada na mesa, a classe patronal marcou uma nova rodada de negociação para sexta-feira (23/09), às 14h, em São Paulo. 

Mas pelo retrospecto, é muito difícil que os patrões mudem sua postura intransigente e mostrem nessa negociação algo que realmente atenda às necessidades dos bancários.

Por isso, em todo o Brasil, a categoria já se mobiliza em assembleias para deliberar acerca da greve nacional.

No Maranhão, o SEEB-MA já marcou para o próximo dia 26 (segunda-feira), uma assembleia de organização, para definir os últimos detalhes da paralisação!

 

Mais informações: www.bancariosma.org.br


Reportagem: Mauricio Azevedo