29/10 - Empresários reúnem-se para tratar sobre a Implantação do Corpo Militar de Bombeiros em Bacabal.

A reunião foi realizada na quinta-feira (24/10), sobre a implantação do Corpo Militar de Bombeiros na cidade de Bacabal, com a apresentação do Tenente Coronel Spindola, contou com a presença de vários comerciantes e empresários da cidade de Bacabal, onde o objetivo foi buscar parcerias das empresas, para um melhor funcionamento da base em nossa cidade. O momento também contou com a presença da promotora Klícia Menezes e do juiz da comarca de Bacabal, que serviram de testemunhas para a boa intenção da convocação dos participantes do evento.

O empresário senhor Expedito (Sucesso Magazine), foi homenageado com uma placa entregue pelo seu filho, por sua história no comercio de Bacabal.

Veja o que disse sobre o evento o Ten. Cor. Spindola e José Teles da Global Lubrificantes em Bacabal também presidente da Associação Comercial bacabalense.

O MEARIM: A sua iniciativa em convidar os comerciantes a dar auxílio na busca da implantação do CMB em Bacabal, partiu da visão prévia, da lentidão das decisões do Governo do Estado?

Ten. Cor. Spindola – Não, o contato que nós tivemos com os lojistas foi também uma forma de apresentação para colocar a corporação a serviço de todos com toda população bacabalense, e também fazer parcerias para que todos interajam com a gente, já que trabalhamos com vidas, trazer todas essas pessoas para um maior apoio.

O MEARIM: Sobre os carros de bombeiros disponíveis, como ficará sua permanência fixa e deslocações?

Ten. Cor. Spindola – O carro de combate a incêndio, ambulância, carro de resgate, foram licitados e ficarão aqui em Bacabal, claro que isso não impede no caso de uma cidade vizinha necessitar de nossos serviços, de atendermos esse chamado. As viaturas permanecem na cidade de Bacabal, mas irá atender toda essa região circunvizinha. Nós temos a obrigação e o dever constitucional de ajudar.

O MEARIM: Como está sendo o apoio por parte do governo municipal?

Ten. Cor. Spindola – Nós estamos recebendo apoio do governo municipal, nos foi cedido o antigo prédio do Tiro de Guerra, onde será implantada nossa base, também nos foram cedidos dez guardas municipais, para compor nosso corpo, a reforma do prédio, o governo tem feito sua parte.

O MEARIM: Há previsão para já estar funcionando o CMB?

Ten. Cor. Spindola – Na minha previsão seria no início de novembro, para uma melhor precisão, cabe ao secretário de obras informar.

O MEARIM: Há um certo tempo atrás em nossa cidade, em um desfile, havia uma viatura do corpo de bombeiro, e a promessa que haveria o mesmo em nossa cidade, o que não aconteceu, qual foi o real motivo?

Ten. Cor. Spindola – A viatura participou do desfile, após, homens do corpo de bombeiros ficaram na cidade por uma semana sem local certo e adequado. Como nada foi feito, a viatura foi solicitada a voltar a sua cidade de origem, foi inviável a nossa permanência pela situação que ficamos. Nos faltou estrutura e infraestrutura.

 

José Teles (Presidente da Ass. Comercial de Bacabal)

O MEARIM: Qual a importância para a Associação Comercial de Bacabal essa parceria buscada pelo CMB?

José Teles – Fiquei muito feliz, foi uma grande satisfação em estar presente e poder contribuir.  Vimos na noite de hoje, os nossos comerciantes interagindo, fazendo perguntas ao Ten. Cor. Spindola, dando suas opiniões, então eu acredito que hoje nós demos um passo muito importante em direção ao futuro, já que há muito tempo eramos órfãos de um corpo de bombeiros em nossa cidade. Falta muito pouco para vermos as viaturas prestando serviços a nossa população e cidades vizinhas, trazendo uma segurança na questão principalmente de incêndios. Certamente teremos um ou dois paramédicos e enfermeiros, então tudo isso vem a somar positivamente no progresso da nossa cidade.

O MEARIM: E sobre os projetos sociais citados pelo Ten. Cor. Spindola, para crianças, como o senhor vê essa iniciativa?

José Teles – Com relação aos menores abandonados, eu acho que a cooperação dos bombeiros tem muito a dar certo, pois eles estão preparados até mesmo psicologicamente, para fazer algo em prol dessas famílias que tem seus filhos à beira da criminalidade e/ou uso de entorpecentes. Eles vêm não para punir, mas para prevenir e ajudar com que essas famílias e seus filhos possam merecer uma melhor sorte.

O MEARIM: E a aceitação dos comerciantes e empresários presentes nesta reunião.

 

José Teles – É uma iniciativa louvável por parte do Tenente, solicitar de nós um “help”, da Associação Comercial, da prefeitura e por que não também das igrejas e população? Se nós formos esperar somente a vontade política, provavelmente haverá um atraso muito grande, em que nessa nossa primeira reunião vimos a aprovação e o desejo da implantação dessa base. Eu senti nos empresários que estavam aqui presentes, o desejo de ajudar de alguma forma que possa fazer com que se iniciem os trabalhos do corpo de bombeiros. Foram poucos os comerciantes presente, precisamos de mais gente nesse apoio. Hoje não foi realizada uma reunião para protesto e sim para procurar- mos uma forma de melhoria.

Por: Eklystton Galego Plakas /O Mearim