Bovespa opera em queda em meio a aumento das tensões comerciais entre EUA e China

O principal índice da Bolsa de valores de são paulo, a B3, opera em queda segunda-feira (5), em meio ao aumento das tensões comerciais entre China e Estados Unidos.

Às 10h09, o Ibovespa tinha queda de 1,48%, a 101.157 pontos. Veja mais cotações.

A bolsa brasileira segue a mesma direção da maior parte dos mercados mundiais. Na China, o iuan rompei a marca de 7 por dolar pela primeira vez na decada, num sinal de que o país está disposto a tolerar mais fraqueza no câmbio, o que poderia inflamar ainda mais um conflito comercial com os Estados Unidos.

A forte queda de 1,4% na moeda chinesa vem dias depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, surpreendeu os mercados financeiros ao  prometer impor tarifas de 10% sobre uS$ 300 bilhoes  restantes das importações chinesas a partir de 1º de setembro, quebrando abruptamente um breve cessar-fogo na guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

  Na sexta-feira, a bolsa paulista fechou em alta de 0,54%, a 102.673 pontos. FONTE: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/08/05/bovespa-050819.ghtml O principal índice da Bolsa de valores de são paulo, a B3, opera em queda segunda-feira (5), em meio ao aumento das tensões comerciais entre China e Estados Unidos.

Às 10h09, o Ibovespa tinha queda de 1,48%, a 101.157 pontos. Veja mais cotações.

A bolsa brasileira segue a mesma direção da maior parte dos mercados mundiais. Na China, o iuan rompei a marca de 7 por dolar pela primeira vez na decada, num sinal de que o país está disposto a tolerar mais fraqueza no câmbio, o que poderia inflamar ainda mais um conflito comercial com os Estados Unidos.

A forte queda de 1,4% na moeda chinesa vem dias depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, surpreendeu os mercados financeiros ao  prometer impor tarifas de 10% sobre uS$ 300 bilhoes  restantes das importações chinesas a partir de 1º de setembro, quebrando abruptamente um breve cessar-fogo na guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

  Na sexta-feira, a bolsa paulista fechou em alta de 0,54%, a 102.673 pontos. FONTE: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/08/05/bovespa-050819.ghtml