Sábado, 19 Setembro 2020
Portuguese English Spanish
booked.net
Domingo, 02 Agosto 2020 17:47

O TEMPO É IMPROVÁVEL Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
O TEMPO É IMPROVÁVEL pxhere.com
O sábado é quente e seco. O vento, feito uma brisa, traz uma leve saudade de ontem. Mas não está mais aqui aquele menino que ficava a olhar urubus voando pelas altas nuvens em pleno sol escaldante. Os urubus são outros, as nuvens são outras, embora pareçam as mesmas; o menino é outro, os tempos são outros.
Só o sol continua escaldante. E aquele menino, agora com suas próprias cãs, pensa uma frase de improviso: "O tempo é improvável". E, de fato, o é. O tempo não se vale de nada para seu amanhã que não seja a própria mudança e indefinição das coisas, apenas elas vão acontecendo ou não, conforme a ideia, a ação humana e as circunstâncias da própria vida. Mas o tempo, este não para para amarrarmos o cadarço.
Os próprios escritos são o reflexo dessa improbabilidade temporal. Ora, pois, se até este rabisco me era improvável até há pouco, e já agora me está vindo de paraqueda, gratuito, sem maior motivo, que não o de existir. Apenas o vejo se construindo como lá em cima se juntam as nuvens em desenhos surreais.
Contudo, nada nos vem ou nos vai por acaso. E o sol quente nesta sombra do vizinho seja talvez o fato inspirador e casual, mas não único. Tenho ainda às vistas um urubu na ponta do poste e outros no ar a me reflorescer a memória que de ontem subsiste. Passou-me também um avião na traçada linha aérea por sobre a Vila Kühn. Mas na aeronave, nenhuma inspiração. Antes, a encontro na cadela ao meu lado, que é a realidade mais próxima a me vigiar na leitura de "A música".
Tudo o mais é este cenário que necessito para largar a leitura e me apegar à ideia da escrita para assim não perder o registro desse momento doce e sereno do existir. E não apenas isso, mas ainda ganhar meu dia com algum texto sem maiores critérios e intenções, apenas intrometido, mas que ainda assim realiza, pois assim é também o tempo: improvável, mas existencial e por algum motivo, útil.
--------------
(#Costa Filho, #Crônicas, 2020, ago, 01)
Compartilhar nas redes sociais:
Lido 340 vezes
Edgar Moreno

SOBRE O AUTOR DA COLUNA

Edgar Moreno é cronista e escritor bacabalense, heterônimo do poeta Costa Filho, membro da Academia Bacabalense de Letras. Em abril, estreou com a coluna “Cronicando...” no site Cuxá. Escreveu ou escreve em outros jornais e sites, publicando eventualmente em suas redes sociais.

Links:

Instagram: @costafilhooficial

Facebook: https://www.facebook.com/people/Edgar-Moreno-Cronista/100010999360123 /  https://www.facebook.com/costa.filho.100

E-mails: jobacosf@hotmail.com / edgarmoreno.bac@hotmail.com

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Telefone

99 3621-6216 99 99107-5401 99 98117-0791

E-mail

contato@cuxa.com.br