Ônibus da Guanabara desembarca passageira com criança à cerca de 1h de distância do seu local de destino

No trajeto de Bacabal para São Luís passageiros presenciaram  uma situação de descaso no Expresso Guanabara. Uma senhora identificada como Raimunda, que carregava uma  criança de cinco anos de idade, com microcefalia e paralisia cerebral, pegou o ônibus na rodoviária de Miranda do Norte (MA).  Antes de embarcar, dona Raimunda perguntou aos atendentes da agência se o ônibus iria fazer parada na cidade de Pedrinhas (MA). A resposta foi positiva. Porém, o ônibus não parou no destino que a senhora desejava, que era Pedrinhas. Segundo relatos,  os passageiros bateram nas janelas do veiculo, gritaram e até tentaram interfonar  para a cabine do motorista, mas de nada adiantou e a viajem só teve fim quando chegou na rodoviária de São Luís. 

Em entrevista ao Portal Cuxá, uma das passageiras destacou: 

"Se por ventura alguém tivesse infartado ou passado mal, como nós iríamos entrar em contato  com o motorista para que ele parasse ? A pessoa iria infartar e chegaria na rodoviária já morta."