Eleições 2020: A dupla Expedito Júnior & Coronel Egidio dispara nas pesquisas em Bacabal

Expedito Júnior & Coronel Egidio crescem na intenção de voto e podem ultrapassar Edvan Brandão nos próximos 15 dias, aponta pesquisa. 

Faltando pouco menos de um mês para as eleições municipais, uma pesquisa realizada pelo Instituto Qualitativa revela a a intenção de votos da população bacabalense na corrida eleitoral pela Prefeitura. Os resultados mostram um crescimento expressivo do candidato Expedido Júnior (Solidariedade), que chega a esse momento na disputa pelo cargo de prefeito com 36,50% dos votos, estreitando a diferença entre ele e Edvan Brandão. 

O Instituto entrevistou 800 pessoas entre os dias 9 e 11 de outubro de 2020, na cidade de Bacabal. Além disso, a pesquisa tem nível de confiança de 95% com margem de erro de cinco pontos percentuais, para mais ou para menos.

Estacionado:

A amostra revela Edvan Brandão estacionado em 44,25% de preferência do eleitorado. Apesar de estar à frente do poder municipal, com forte aparato da máquina pública, ele não demonstra possibilidade de subida, como já foi mostrado em outros estudos científicos.

Favorável:

Por outro lado, a pesquisa mostra Expedito Júnior se movimentando para cima, com força na oposição para atrair os indecisos e até votos de candidatos pouco lembrados.

Cenário de mudança:

Os eleitores também responderam se poderiam vir a mudar de opinião até a data da eleição. Dos que responderam, apenas 43% disseram que não, 26,88% disseram que talvez mudariam e 18,13% informaram que mudariam de voto até a data da eleição. Os outros 12% não souberam responder ou não opinaram.

Metodologia da pesquisa: Foram entrevistados eleitores com domicílio eleitoral no município de Bacabal - MA, tanto na zona urbana quanto rural. Trata-se de uma pesquisa preferencialmente domiciliar e individual através de uma amostra estratificada por cota de sexo, faixa etária, nível de instrução e faixa de renda, de acordo com a Resolução 23.453 TSE e dados do IBGE com referência no censo 2010. 

Registro da pesquisa: