Fim de um reinado: o que a derrota de João Alberto diz aos bacabalenses

Ex-governador do Maranhão não consegue se eleger vereador no interior

Por: Redação Cuxá

Tendo um longo histórico na política maranhense, além de senador e vice-governador do estado, João Alberto também esteve como prefeito de Bacabal ainda nos anos 80, evento bastante conturbado que culminou na sua renúncia.

Os senador já havia manifestado seu desejo de encerrar a carreira política em Bacabal,  e vontade de assumir o cargo de vereador. No entanto, nas eleições de 2020 esses planos foram frustrados. Os 944 votos que recebeu mostram que o último líder do grupo Sarney já não tem forças no Maranhão.  

 

Natália Duda, Serafim e Melquíades, também candidatos pelo MDB, conseguiram sua vaga na câmara, deixando João Alberto para traz. A eleição de Valdivan da Bela vista, diretamente apoiado por Edvan Brandão, trouxe um novo panorama. Além disso, Roberto Costa passou a apoiar Davi Brandão, filho do atual prefeito, que deverá se candidatar ao cargo de deputado estadual.

Comenta-se em redes sociais, que o crescimento de alguns candidatos se deu através de compra de votos.